Área restrita



Quem está online

Nós temos 105 visitantes online
Boas Festas PDF Imprimir E-mail
BOAS FESTAS
O mês de dezembro tem, realmente, uma característica diferente: a magia do Natal.
Mesmo com todo o marketing voltado para o consumismo, inundando todos os meios de comunicação, com campanhas desde as mais criativas até as mais apelativas, a magia emerge soberana emocionando todos nós quando soam os sinos do Natal.
Não tem como não se comover. O nascimento de Jesus é um marco na história da humanidade. Tanto que tudo se conta antes e depois do seu nascimento. É um divisor de águas.
A música “Noite Feliz” com seus acordes característicos, quando começa a tocar já desperta uma ligação natural com a fonte da vida,com o amor. E isso faz com que haja uma fluidez emocional muito forte.
Dezembro é o período que antecede um novo ano. Já nos predispõe à avaliação do que se passou. É o tempo que conduz a uma reflexão, a pensar no futuro e também o tempo de tomar as decisões que raramente serão cumpridas. Mas a magia do mês nos induz a  imaginar como poderia ter sido e como poderá ser. Mesmo que fique no plano das intenções.
É o mês em que perdoamos e também pedimos perdão. Há uma energia no ar que envolve todo o planeta. E que não se circunscreve apenas ao mundo ocidental e cristão. É importante passar uma borracha no passado. Esquecer e perdoar.
Outro dia, eu estava assistindo à novela “O outro lado do paraíso”. Havia uma cena em que Mercedes, uma sábia octogenária com poderes sobrenaturais interpretada  por Fernanda Montenegro, dá conselhos à jovem Clara (Bianca Bin), que foi mandada à força para um hospício por ordem de sua sogra, a vilã vivida por Marieta Severo. Depois de ter sido enclausurada no sanatório durante anos sem motivo, Clara reaparece rica e disposta a se vingar de todos que se uniram contra ela. Mercedes, então, ensina a Clara sobre a lenda da mulher de Ló, personagem do Antigo Testamento que foi salva da destruição de Sodoma e Gomorra, mas foi transformada em estátua de sal por ter cometido o erro de olhar para trás durante a fuga. Mercedes ensina que não se deve olhar para o passado, devemos olhar sempre para a frente.
É interessante a estratégia do autor da novela que, usando uma passagem bíblica dá, na realidade, uma importante lição de vida. Esquecer e perdoar, libertam o ser humano. Sem perdoar não tem como se pedir perdão. Jesus, cujo ministério foi de três anos, deixou uma mensagem de amor, de perdão, de procedimentos que bem interpretados e cumpridos servem de orientação para todos os atos humanos.
Foi Ele que, com sua encarnação, liderando uma equipe de 12 homens incultos e broncos, fez deles verdadeiros apóstolos, pregadores que difundiram sua lição de vida. A força do Seu exemplo permanece e se irradia por todo o planeta. Paulo que, de seu mais encarniçado e furioso perseguidor, quando tocado pela energia de Jesus no caminho de Damasco se converteu no seu mais fiel seguidor, foi o responsável pela difusão da mensagem do amor em todos os recantos por onde passou. Enfrentando a revolta dos judeus que não se conformaram com sua conversão, encarou a todos com plena convicção e firmeza, e teve que vencer a dúvida que se instalou na mente dos apóstolos de Jesus que viam nele um traidor que estaria se infiltrando para prendê-los e dispersá-los.
É essa força, essa magia, essa energia de Jesus faz renascer em todos os corações a chama do amor e da esperança. E nos leva a proclamar: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade”. Como seria bom que a magia do Natal se irradiasse por todo o ano. Isso depende de cada um de nós.
Boas Festas e Feliz Ano Novo para todos.
Heitor Rodrigues Freire – Corretor de imóveis e advogado.

O mês de dezembro tem, realmente, uma característica diferente: a magia do Natal.

Mesmo com todo o marketing voltado para o consumismo, inundando todos os meios de comunicação, com campanhas desde as mais criativas até as mais apelativas, a magia emerge soberana emocionando todos nós quando soam os sinos do Natal. Não tem como não se comover. O nascimento de Jesus é um marco na história da humanidade. Tanto que tudo se conta antes e depois do seu nascimento. É um divisor de águas.

A música “Noite Feliz” com seus acordes característicos, quando começa a tocar já desperta uma ligação natural com a fonte da vida,com o amor. E isso faz com que haja uma fluidez emocional muito forte. Dezembro é o período que antecede um novo ano. Já nos predispõe à avaliação do que se passou. É o tempo que conduz a uma reflexão, a pensar no futuro e também o tempo de tomar as decisões que raramente serão cumpridas. Mas a magia do mês nos induz a  imaginar como poderia ter sido e como poderá ser. Mesmo que fique no plano das intenções.

É o mês em que perdoamos e também pedimos perdão. Há uma energia no ar que envolve todo o planeta. E que não se circunscreve apenas ao mundo ocidental e cristão. É importante passar uma borracha no passado. Esquecer e perdoar.

Outro dia, eu estava assistindo à novela “O outro lado do paraíso”. Havia uma cena em que Mercedes, uma sábia octogenária com poderes sobrenaturais interpretada  por Fernanda Montenegro, dá conselhos à jovem Clara (Bianca Bin), que foi mandada à força para um hospício por ordem de sua sogra, a vilã vivida por Marieta Severo. Depois de ter sido enclausurada no sanatório durante anos sem motivo, Clara reaparece rica e disposta a se vingar de todos que se uniram contra ela. Mercedes, então, ensina a Clara sobre a lenda da mulher de Ló, personagem do Antigo Testamento que foi salva da destruição de Sodoma e Gomorra, mas foi transformada em estátua de sal por ter cometido o erro de olhar para trás durante a fuga. Mercedes ensina que não se deve olhar para o passado, devemos olhar sempre para a frente. 

É interessante a estratégia do autor da novela que, usando uma passagem bíblica dá, na realidade, uma importante lição de vida. Esquecer e perdoar, libertam o ser humano. Sem perdoar não tem como se pedir perdão.

Jesus, cujo ministério foi de três anos, deixou uma mensagem de amor, de perdão, de procedimentos que bem interpretados e cumpridos servem de orientação para todos os atos humanos.    Foi Ele que, com sua encarnação, liderando uma equipe de 12 homens incultos e broncos, fez deles verdadeiros apóstolos, pregadores que difundiram sua lição de vida. A força do Seu exemplo permanece e se irradia por todo o planeta. Paulo que, de seu mais encarniçado e furioso perseguidor, quando tocado pela energia de Jesus no caminho de Damasco se converteu no seu mais fiel seguidor, foi o responsável pela difusão da mensagem do amor em todos os recantos por onde passou. Enfrentando a revolta dos judeus que não se conformaram com sua conversão, encarou a todos com plena convicção e firmeza, e teve que vencer a dúvida que se instalou na mente dos apóstolos de Jesus que viam nele um traidor que estaria se infiltrando para prendê-los e dispersá-los. 

Â É essa força, essa magia, essa energia de Jesus faz renascer em todos os corações a chama do amor e da esperança. E nos leva a proclamar: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade”. Como seria bom que a magia do Natal se irradiasse por todo o ano. Isso depende de cada um de nós.

Boas Festas e Feliz Ano Novo para todos.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Redes sociais

Facebook 
Hjemmeside Wildberry Telefoni Internet